Wednesday, March 19, 2008

Hitlist 2 - Parte 2

Aye!

Aqui vai mais uma parte da lista de filmes. Ainda tem bastante coisa e fazer isso aqui dá mais trabalho do que parece.

Lá vamos nós.

O Balconista (Clerks) - dois balconistas discutem a vida, os relacionamentos e Star Wars (entre outras coisas). Primeiro filme de Kevin Smith, que vendeu sua coleção inteira de quadrinhos para financiar o projeto. Mais tarde, com o sucesso do filme, acabou comprando tudo de volta. Hoje ele é dono de uma loja de quadrinhos em Nova Jersey.

Moulin Rouge (Moulin Rouge) - pois é. Um musical. Quem diria. Normalmente eu realmente não sou fã de musicais (se bem que "Mary Poppins" é um clássico e "Chicago" não é de todo mal. E eu ainda quero ver "Sweeney Todd"). E o engraçado da história é que eu me recusei a ver "Moulin Rouge" quando saiu, mesmo sendo fã do Ewan McGregor e (especialmente) da Nicole Kidman. Acabei vendo por acaso, porque não tinha nada o que fazer. O lance é que as músicas (em geral clássicos modernos do rock e pop, como "Smells Like Teen Spirit" e "Like a Virgin") foram bem adaptados ao clima de cabaré. E a história é tão trágica que chega a ser quase Shakespeareana. É só esquecer um pouco o preconceito para admitir que se trata de um baita filme.


Romeu e Julieta (Romeo + Juliet) - e por falar em Shakespeare, esta é uma adaptação moderna do clássico desta vez dirigido por Baz Lhurman (mesmo diretor de "Moulin Rouge"). Ousado ao misturar a linguagem rebuscada da obra com o clima moderno dos anos 90, o filme não só tem Leonardo DiCaprio e Claire Danes como protagonistas, como também trás Harold Perrineau (o Michael, de Lost) no papel de Mercutio.


Hamlet (Hamlet) - versão do ator e diretor Kenneth Branagh, ficou conhecida por - na época - ocupar duas fitas de vídeo (mais de três horas de filme) e transferir a ação para o século XIX.


Procurando Ricardo III (Looking for Richard) - e mais Shakespeare! Um documentário absolutamente fantástico realizado por ninguém menos que Al Pacino. Enquanto entrevista especialistas e pesquisa uma das principais obras do bardo inglês, o aclamado ator monta sua própria versão da peça usando atores americanos. Com Wynona Rider, Kevin Spacey, Alec Baldwin, entre outros.


Advogado do Diabo (Devil's Advocate) - Al Pacino no papel do diabo! Precisa mais?


Coração Satânico (Angel Heart) - De Niro no papel do diabo! Precisa mais?


O Pagamento Final (Carlito's Way) - campeão de reprises na TV a cabo, o filme conta a história de Carlito Brigante - interpretado por Al Pacino - um ex-criminoso que tenta levar uma vida normal após cumprir sua pena. Dirigido por Brian De Palma.


Perfume de Mulher (Scent of a Woman) - vale nem que seja só para ver Al Pacino no papel de um Coronel aposentado e cego dançando tango. Para mim, uma das melhores cenas da história do cinema.



Cães de ALuguel (Reservoir Dogs) - o primeiro filme de Quentin Tarantino. Basicamente é a história de um assalto que não deu certo. E é depois disso que a coisa piora.

Em breve a Parte 3, em um cinema perto de você...

Cheers!

T.

1 comment:

F.C. PEREIRA said...

Saudações

Acompanho seu trabalho desde muito tempo. Desde o inicio na Dragão Brasil, creio eu.Acompanho também seu blog.
Na maior parte, gosto muito do que você escreve e poucas são as vezes que não gosto ou concordo com alguma coisa, o que é um bom sinal, afinal, nenhuma unanimidade é particularmente saudável ou adequada.
Mas a maior surpresa (uma surpresa agradável...) foi descobrir em sua lista o filme Moulin Rouge. Eu sou um cinéfilo quase obsessivo. A grande maioria de seus filmes favoritos também são os meus e estão na minha coleção de DVD's mas, Moulin Rouge é o tipo de filme que as pessoas estranham e "exigem" explicações... Mesmo minha namorada me olha "torto" por causa dele. Acredito que o motivo seja o gênero; músical.
enfim, eu apenas quis comentar porque realmente achei interessante a lista e gostaria de expressar meus cumprimentos pelo ótimo blog e trabalho que você desenvolve. Meus parabéns!!! (apesar de saber que você já leu ou ouviu tudo isso...)

Abraço

PS: Tomei a liberdade de colocar um link para o seu blog no meu, que nem de longe é tão bom...