Tuesday, August 05, 2008

Carecast - O Podcast do Dr. Careca #3 *

Aee!

Acabou a espera! Para alegria de gregos, troianos e simpatizantes, está no ar a terceira edição do Carecast, o podcast do Laboratório do Dr. Careca! E além deste prezado Doutor que vos fala, a presença de Igor, Zuleba Jones e de nosso eterno convidado especial, Breno Tamura, é garantida!

A pauta desta vez inclui três ótimos assuntos: a vertente trash da carreira do diretor Robert Rodriguez; mortos-vivos, zumbis, suas origens e ramificações (um tema que definitivamente se recusa a morrer) e uma análise aprofundada do fenômeno "Batman - O Cavaleiro das Trevas" (afinal de contas, Heath Ledger merece ou não concorrer ao Oscar?).

Além disso, ouvimos os recados de voz deixados por nossos ouvintes e lançamos uma nova promoção. Desta vez você concorre a uma versão simples do DVD do filme "Planeta Terror"! Não dá pra perder uma boiada dessas!

Lembrando que você pode deixar o seu recado ou mensagem de voz usando o e-mail exclusivo do podcast: carecast.lab@gmail.com. Aguardamos sua participação!

Para ouvir, basta escolher a versão (para salvar, clique com o botão direito do mouse e escolha "salvar link como"):

Alta: Link

Baixa: Link (breve)

A versão streaming agora fica na barra do lado direito. É só clicar "Play" no player abaixo do banner do Carecast. Para ver a playlist basta clicar na setinha em cima do título.


Créditos:

Locução - Dr. Careca, Igor, Rod "Zulu" Reis e Breno Tamura
Edição - Dr. Careca
Coca-Cola Zero Morfética - Igor
Colocações Estrategicamente Colocadas e Cerveja - Rod "Zulu" Reis
Ruffles e Mais Cerveja - Breno


Este podcast contém trechos das seguintes trilhas sonoras e músicas:
Grim Fandango, Grindhouse, Ghosts I (Nine Inch Nails), Silent Hill 4 - The Room, Half-Life 2, I'm Your Boogie Man (Rob Zombie), Batman - O Cavaleiro das Trevas, Uno (Muse).

*ATENÇÃO: CONTÉM LINGUAGEM ADULTA. NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS.

Cheers!

T.

10 comments:

Casa da Loucura said...

FINALMENTE. Baixei e to ouvindo, quando terminar passo minhas impressões.

Valeu Careca

Igor Kupstas said...

Ae, Casa da Loucura, tenho CERTEZA que vc vai gostar! Ainda mais do final....

Abraço!

Erion said...

o cara no final tava falando pra falar menos de rpg e mais de outras coisas xD mas mal tem rpg no blog =P.

João Paulo "Moreau do Bode" said...

No próximo Carecast eu tento falar sem soprar tanto o microfone :P

Gostei muito do podcast. Zumbis e Bátima são duas coisas que gosto muito e vocês trabalharam muito bem os temas. Destaque para Zuleba Jones na pauta sobre Zumbis e para Breno Tamura na pauta sobre Bátima :D, sem o Breno vocês não teriam conseguido desenvolver tanto a conversa sobre o filme.

Ei careca, séria interessante que fosse criado um "marcador" para alguns posts, pelo menos para o Carecast, pois fica muito dificil encontrá-los ao longo de todas as postagens passadas.

Dúvida: Sobre a promoção do Planeta Terror, o título pode ser uma adaptação de um filme já existente?

Balth said...

A unica coisa realmente bizarra que eu vi no trailler do Hulk(o novo)foi a seguinte coisa: Soldado Humano "lutando" no melhor estilo Jack Chan contra o Hulk sério..ISSO é bizarro ao meu ver é como se você mandasse o Jet-Li enfrentar um Guerreiro/Bárbaro/Bárbaro Frenético Meio Orc o___Ô

Igor Kupstas said...

Fala "moreau" do bode!

Pode ser "baseado" sim, até porque tudo quanto é Filme B "se inspira" em filme real...

Só não vale ser cópia!

Abraço e boa sorte!

Daniel Don said...

Caramba, quando eu crescer quero fazer podcasts como esses! Não parem nunca!

=D

Druida said...

Excelente. Mas eu achei o volume da voz do Dr.Careca bem baixo em certos pontos!

Igor Kupstas said...

Druida, blza?

Cara, como vc pode "ver" no making of da edição 4.0, ficamos uma cara resolvendo dificuldades técnicas...

Creio que no próximo programa não teremos mais este problema.

A promoção do pod 4.0 está FODA. Fiquem ligados.

Abraço!

Gravata said...

Fala, turma!
Grande podcast, nada como gente que entende um pouco do assunto pra falar sobre cinema e cultura nerd! Nada de analisar o batman como "representação semiótica do establishment enquanto manifestação quiróptera do inconsciente dual segundo a ética do 4o reich", como esse bando de punheteiro crítico de cinema acha adequado...
Mantenham o ótimo trabalho!