Friday, February 15, 2008

Meu Nome Não é Caio

Heil!

Na edição de fevereiro da revista Rolling Stone Brasil você vai encontrar uma entrevista muito legal com o Bob Dylan, datada do ano de 1969. Foi a primeira entrevista dele para a versão gringa da revista. Um artigo histórico.

Se alguém dar uma olhada nos créditos, vai ver que a tradução foi feita por um rapaz chamado Caio Nehring.

Pois é. Não foi.

Na verdade a tradução é minha. Houve um problema na substituição de arquivos durante o processo de diagramação e os nomes foram trocados por engano. É o tipo de coisa chata a que qualquer publicação, independente do porte, está sujeita. Mas que é chato é chato.

Portanto, onde estiver escrito "Caio Nehring", please, leia "J.M. Trevisan".

Cheers!
T.

6 comments:

phil souza said...

Isso definitivamente é péssimo. Lembra quando alguns blogueiros são entrevistados a as topeiras dos entrevistadores colhem dados errados, na maioria das vezes fatalmente erram o nome do blog, um inferno...

Tiago Lobo said...

Acho que já vi isso em algum outro lugar...
Meu nome não é Jhonny XD

É chato mesmo, o pior que ninguém lê errata de revista...

CF said...

Eu sei como é isso. Na DS 10 colocaram os créditos da classe Shar'ir para o MAW.

Felizmente logo soltaram uma errata.

JMTrevisan said...

Ninguém lê errata.

Caio said...

J.M. Trevisan: Só hoje fui perceber o erro da revista. Nem havia lido essa entrevista com o Dylan na ed. nacional (tenho a original), q não fiz por falta de tempo.
Mas para deixar todas as informações corretas: Foi JMTrevisan quem traduziu essa matéria do Dylan na ed. 17 da Rolling Stone.
A matéria traduzida por Caio Nehring, Myself, foi a "Johnny Solta a Voz (o Depp) e "A Real Guerra nas Estrelas" (essa deu trabalho, LOL). E vc tem razão: Ninguém lê errata.
Agora vou passar a ler. Sinto muito pelo incoveniente, mas independeu totally de mim... Erro da revista.
E embora vc não se lembre, vc me conhece... falamos ao telefone qdo precisei de um tradutor pra me ajudar na tradução do guia Time Out de NYC, lembra?
Só que não vingou e acabei traduzindo NY sózinho, lembra Trevisan?
Obrigado pela força na época. Foi o Quinho quem te indicou, o "boss".
Abraços, sucesso.
Caio Nehring
nehring@superig.com.br

JMTrevisan said...

Fala Caio!

Putz...nem esquenta. Fui editor mais de 10 anos e sei que essas coisas rolam. Na época do post eu ainda estava meio chateado, porque sabe como é...meu primeiro trabalho grande pra revista (e até hoje o maior que já fiz) e tal.

Mas relaxa...desde o começo ficou bem claro que o problema não tinha nada a ver contigo.:)

Pelo menos ganhei mais um leitor! A males que vem pra bem, no fim das contas!

abs!

T.